Conheça quem foi o primeiro alemão a morar neste bairro de São Paulo.

alemão

Foto Meramente Ilustrativa

Olá Pessoal,

Hoje escrevi um artigo sobre o primeiro alemão que veio morar na Vila Mariana, por volta do ano de 1903. Para tanto, utilizei como fonte o livro : A história dos bairros de São Paulo , o bairro de Vila Mariana, do autor Pedro Domingos Masarolo.

Antes de mencionar sobre este morador, gostaria de dividir com vocês algumas curiosidades abordadas pelo autor.

Masarolo cita que no mapa de 1897, havia uma lagoa nos fundos da Rua Pelotas, cujo antigos moradores diziam que ali havia sido o sítio de uma senhora conhecida como Dona Virginia. Este sítio, tocado por escravos, eram cultivados cana de açúcar e cereais. Nele, também passava um córrego, que nascia na Rua Domingos de Morais, atravessava a Rua do Curtume (acredito que essa rua era próximo ao Matadouro Municipal, hoje, atual Cinemateca) e juntava-se ao Córrego do Sapateiro, localizado no Ibirapuera.

O autor narra que os moradores mais antigos da Rua Pelotas, relataram que nos fundos do sitio de Dona Virginia, mais precisamente, nos lotes que faziam divisa com o córrego, foram encontradas diversas ossadas humanas enterradas em covas rasas. Concluiu-se que se tratava de um cemitério dos moradores do sítio e também dos escravos.

Foto meramente ilustrativa

Posteriormente, o autor ressalta que as terras da Dona Virginia foram adquiridas pelos irmãos Vaz e depois pelo Sr José Antônio Coelho. Inclusive, temos uma rua no bairro que leva este nome.

Por volta do ano de 1903, Masarolo afirma que muitos alemães já estavam morando no bairro. Entretanto, enfatizou que o primeiro alemão a residir na Vila Mariana, chamava-se Vicente Sommer. Este alemão, antes de morar na região, fixou residência no Estado de Santa Catarina, porém, não se adaptou as condições e transferiu-se junto com toda a sua família para São Paulo, na rua José Antônio Coelho.

Alemães chegando a São Paulo.
Fonte: Site DW Made for Minds

Como muitos compatriotas alemães estavam residindo na Vila Mariana, foram fundados clubes de jogos, sendo que o boliche era o mais popular.

A primeira escola alemã foi inaugurada em 1903, pelo Sr Theodor Hennies e instalada na Rua José Antônio Coelho. Entretanto, na década de 40, ocorrem mudanças neste estabelecimento. A antiga escola alemã passa a se chamar de Colegio Benjamirn Constant, com nova sede na Rua Eça de Queiroz.

Os alemães que se instalaram no bairro, costumavam  trabalhar nas chácaras da Vila, ou como operários no centro e nas redondeza da Cervejaria Guanabara.

 Espero que tenham gostado

Até a próxima

Beijocas apertadas

Dani

Fonte:

Site : Site DW Made for Minds. Disponível em: https://www.dw.com/pt-br/s%C3%A3o-paulo-celebra-180-anos-da-imigra%C3%A7%C3%A3o-alem%C3%A3/a-4411676

Compartilhar

Conheça o “ Médico dos Pobres” da Vila Mariana dos anos 20.

Vila Mariana

(*)Foto Meramente Ilustrativa

Olá Pessoal!!!

Hoje a memória da Vila Mariana vai contar a história do Sr Francisco Tavares de Oliveira Filho, mais conhecido como Sr Chiquinho, o médico dos pobres da Vila Mariana.

A fonte para essa pesquisa foi o livro:    A história dos bairros de São Paulo , o bairro de Vila Mariana, do autor Pedro Domingos Masarolo. As fontes das fotos estão citadas no final do texto.

O Sr Chiquinho nasceu no bairro de Itaquera em 1875. Em 1918 formou-se na Escola Livre de Pharmacia, Odontologia e Obstetrícia, localizada no bairro do Bom Retiro.

Prédio da Escola Livre de Pharmacia, Odontologia e Obstetrícia em 1905.
Fonte: Site Memória USP.

Após a formatura, trabalhou cerca de dois anos no interior. Em 1920 veio exercer o seu ofício na farmácia do Dr Gama, localizada na Rua França Pinto.

O Sr Chiquinho era um profissional dedicado , portanto, logo a sua fama se estendeu pelo bairro. Com muito sacrifício e auxilio dos amigos, conseguiu comprar a farmácia do Dr Gama, porém a transferiu para a Rua Domingos de Morais, próximo a antiga estação de bondes da light.

Nosso ilustre farmacêutico, ficou conhecido como médico dos pobres, porque praticava o seu ofício com maestria e competência. Curava muitas pessoas,  por isso elas acreditavam que ele era médico. Cuidava dos pacientes, mesmo aqueles graves. Atendia com muita dedicação aqueles que não poderiam lhe pagar. Estava sempre disponível, independente do dia e horário.

 Era comum pessoas  virem  de outros bairros, tais como: Cambuci, Ibirapuera, Vila Clementino e Bosque da Saúde, com a crença de que só o Sr Chiquinho poderia curar-lhes.

Foto Meramente Ilustrativa

A especialidade do Sr Chiquinho era o trato com crianças. Logo cedo, em sua farmácia, mães faziam filas carregando crianças no colo, para receberem os cuidados desse farmacêutico.

O Sr Chiquinho ficou sob o comando da farmácia por cerca de 40 anos. Ele faleceu em 1961 e após a sua morte, seus filhos tocaram o negócio.

Não encontrei fotos do Sr Chiquinho e nem a localização exata de onde era a sua farmácia, para contar a vocês o que atualmente está instalado neste local. Quem souber, conta pra gente!!!

*** NÃO PERCAM o próximo conto: O Romance da Janela na Vila Mariana dos anos 50.

Para serem notificados da publicação, basta curtir a Fan Page do Blog Tem no Pedaço: https://www.facebook.com/blogtemnopedaco/

Fontes:

A história dos bairros de São Paulo , o bairro de Vila Mariana, do autor Pedro Domingos Masarolo, págs 107-108

Site: Memórias Usp. Escola Livre de Pharmacia, Odontologia e Obstetrícia . Disponível em: . Disponível em: http://200.144.182.66/memoria/por/local/820-Solar_da_Rua_Tres_Rios

Quer ver outras Curiosidades ou Memórias do Bairro, clique aqui: https://temnopedaco.com.br/category/historia-dos-bairros/

Até a próxima!!!

Beijocas apertadas

Dani.

Compartilhar

Veja porque este ilustre morador da Vila Mariana recebeu o apelido de Nhonhô da Estrada!!!!

(*)Foto do bairro da Vila Mariana, aproximadamente, por volta do ano de 1900. Fonte: Site Estações Ferroviárias. O Link deste site está disponível no final do texto.

Olá Pessoal!!

Hoje tratei para vocês uma curiosidade sobre um morador das antigas da Vila Mariana, o Sr Nhonhô da Estrada. Pelo relato, acredito que ele tenha residido no bairro no início do séc XX, mais precisamente, a partir do ano de 1901.

Como fonte para redigir este artigo, utilizei o seguinte livro:  A história dos bairros de São Paulo , o bairro de Vila Mariana, do autor Pedro Domingos Masarolo.

Nhonhô da Estrada era um sitiante, nascido na Vila Mariana, cujo dedicava-se aos trabalhos em sua roça.

Recebeu este apelido, porque era dono de pequena propriedade rural, localizada entre as ruas da Saudade e Sena Madureira, estas próximas a Estrada do Carro, que era caminho para Santo Amaro.

Nhonhô era solteiro e morava com a sua mãe, Dona Mariquinha. Ele era um homem simples, cordial e amigo de todos que residiam no bairro e nas proximidades. Seu sítio era parada certa para o descanso de seus conterrâneos, que viajavam pela cidade utilizando carro de bois.

Foto meramente ilustrativa.

O autor relatou que, antes da chegada do progresso, a propriedade de Nhonhô era muito grande.  Inclusive, mencionou que atual rua Francisco Cruz pertencia ao seu lote de terra, onde nela existia uma capela, conhecida na época como Capelinha das Almas.

Esta rua (Francisco Cruz), conforme descreve o autor, servia de atalho para as tropas que vinham de Pinheiros e se deslocavam para a Estrada do Mar.

Foto meramente ilustrativa.

Com o início do progresso, Nhonhô perdeu parte de sua propriedade. A estrada de ferro dividiu-a ao meio e as terras pertencentes ao Caminho do Carro, tornaram-se de servidão publica, pois ligavam a Rua Domingos de Morais à Estrada da Saúde. Aos poucos, Nhonhô viu-se obrigado a vender mais lotes. Com a chegada definitiva do progresso, foram construídas residências no local em que era o sítio.

Ah, o livro não menciona qual era o verdadeiro nome de Nhonhô.

FONTES:

  • A história dos bairros de São Paulo , o bairro de Vila Mariana, do autor Pedro Domingos Masarolo, págs 75-76.
  • Site Estações Ferroviárias. Disponível em : http://www.estacoesferroviarias.com.br/v/fotos/vlmariana8901.jpg

* Para saber de mais histórias envolvendo os bairros da Vila Mariana, Vila Clementino e Mirandópolis, basta clicar aqui: http://temnopedaco.com.br/category/historia-dos-bairros/

Bem, espero que tenham curtido mais uma memória da Vila Mariana.

Até a próxima !!

Beijocas apertadas

Dani

Compartilhar